Ad Code

Mulher trans preside, pela primeira vez na história, um partido político no Ceará

Foto: Reprodução


O partido Unidade Popular pelo Socialismo (UP) elegeu, pela primeira vez no Brasil, uma mulher trans para a presidência do diretório estadual. Sued Carvalho, professora e historiadora, agora comandante do UP CE, chegou a concorrer nas eleições de 2022 para o cargo de deputada federal e recebeu 2140 votos, não sendo eleita.

A votação para definir a presidência do partido no Estado ocorreu entre os dia 16 e 17 de setembro e teve mais de 90 delegados da sigla de seis cidades. São elas: Fortaleza, Caucaia, Cratéus, Itapajé, Juazeiro do Norte e Quixadá.

“Não queremos ocupar os espaços apenas por ocupar, mas para intervir verdadeiramente e defender os interesses da classe trabalhadora. Além das eleições, quantas mulheres trans estão à frente da construção política dos seus partidos? É preciso refletir sobre isso”, disse Sued.

Em 2020, o UP lançou um candidato à Prefeitura de Fortaleza pela primeira vez, tendo como aspirante ao Paço Municipal Paula Colares. Em 2022, Serley Leal concorreu nas eleições para o Governo do Ceará.



O Povo

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Responsive Advertisement