Ad Code

Jovem internada após cheirar pimenta por engano sai da UTI e vai para a enfermaria

Foto: reprodução/Instagram





A trancista Thais Medeiros de Oliveira, de 25 anos, recebeu alta da UTI do Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação (Crer) de Goiânia, em Goiás, mas segue internada na enfermaria da unidade de saúde. A jovem sofreu dano cerebral irreversível após cheirar uma conserva de pimenta e foi internada inicialmente em fevereiro deste ano, recebeu alta no fim do último mês, mas deu entrada no hospital novamente no último dia 5 de agosto.

Adriana Medeiros, mãe de Thais, compartilhou a notícia nas redes sociais da jovem, dando detalhes de como a saúde dela segue atualmente. Com isso, confirmou que a trancista "está sem febre, com urina normal, continua tomando antibióticos para infecção óssea, respirando normal sem auxílio mecânico". Um quadro de broncoespasmos foi confirmado.

Após a saída do hospital, quando recebeu alta, Thais permaneceu em casa por quatro dias. A jovem foi internada no dia 17 de fevereiro, dia em que cheirou a conserva de pimenta-bode na casa do namorado, justamente por não saber que possuía alergia relacionada à especiaria.

Já em casa, meses depois da primeira internação, apresentou algumas complicações no quadro de saúde, incluindo febre e urina avermelhada. Adriana Medeiros pontuou que os sintomas já apresentaram melhoras, mas a UTI ainda era necessária ao tratamento.

"Estou com muita saudade, e quero que minha filha volte para casa, mas entendo que ela precisa ficar lá. As filhas perguntam por que ela não volta para casa, e eu penso nela o tempo todo. Quando vou fazer alguma comida que ela gostava, lembro dos nossos momentos juntas e dói demais", disse a mãe dela.

INTERNAÇÃO

Segundo relatos, Thaís apresentou crise asmática no mesmo dia em que visitou o namorado, Matheus Oliveira, em Anápolis, Goiás. No local, a jovem cheirou a pimenta que estava em uma conserva, e, logo após isso, começou a “puxar o ar”.

Imagens registradas por câmeras de segurança a mostraram sendo socorrida pelo namorado e os sogros, que a levaram para o hospital, a 6 km da casa, em 10 minutos.

Thaís perdeu a consciência pouco antes da chegada na unidade de saúde, conforme relatado por Sandra Oliveira, sogra da jovem.

Fonte: Diário do Nordeste 

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Responsive Advertisement