Ad Code

Tinga diz que briga da torcida tirou a atenção dos jogadores e lamenta novo episódio: 'uma vergonha'

 

Foto: Reprodução/Premiere - Reprodução/Redes sociais



O lateral-direito Tinga, capitão do Fortaleza, fez duras críticas aos torcedores do clube envolvidos na briga que aconteceu nas arquibancadas da Neo Química Arena antes e durante o empate em 1 a 1 com o Corinthians, pela semifinal da Sul-Americana.

"É uma vergonha! Para o Fortaleza e para nós jogadores é uma vergonha. Porque as coisas estão tudo indo bem dentro de campo, fora também, na diretoria, tudo indo sempre bem, e a torcida dando um mau exemplo, ainda mais aqui, fora de casa", disse após o jogo.

Torcedores do Fortaleza brigaram entre si nas arquibancadas. Em imagens compartilhadas nas redes sociais é possível ver um grupo de torcedores caracterizados com adereços de torcidas organizadas do Tricolor do Pici trocando agressões.

Briga entre torcedores do Fortaleza é registrada no estádio do Corinthians antes de jogo pela Sul-Americana

Reprodução/Redes sociais



Eles não estão em prol do Fortaleza. É uma vergonha o que a torcida fez. Acho que eles têm que parar com isso, porque isso não vai levar a nada. Vou falar com eles, porque é uma vergonha o que estão fazendo, porque eles têm várias lideranças que vêm sempre nos cobrar quando a gente está em um mau momento e acho que a gente tem que cobrar eles também, porque passou em rede internacional. É uma vergonha isso que está acontecendo.
TINGA
Capitão do Fortaleza

Ainda na entrevista, Tinga confirmou que familiares de jogadores do Fortaleza estavam presentes no setor onde a briga aconteceu e que isso deixou alguns atletas do Tricolor do Pici bastante preocupados e tirou a atenção durante a partida decisiva.

"Muitos jogadores ficaram olhando porque tinham familiares ali e podia acontecer qualquer coisa de pior, então a gente ficou muito preocupado e isso tira a atenção de nós jogadores, então isso não pode acontecer mais porque em vez de ajudar, nos prejudica", afirmou.

Isso é lamentável, espero que nunca aconteça mais isso. Esperamos que a gente consiga fazer algo duríssimo, vamos ver o que a gente vai fazer para evitar isso porque é uma vergonha. Eles sempre brigam fora do Castelão, esperamos que isso não aconteça  mais e esperamos que isso tudo acabe. Eles têm que pensar no Fortaleza, esperamos que isso mude e acabe o mais rápido possível.
TINGA
Capitão do Fortaleza

No próximo sábado (30), o Fortaleza recebe o Grêmio na Arena Castelão, pela Série A do Brasileirão. A partida acontece às 16h.



Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Responsive Advertisement