Ad Code

Temporais deixam 8 mortos no Sul do país; número de vítimas subiu para 5 no RS

Foto: RBS/TV

O governo do Rio Grande do Sul confirmou nesta terça-feira (21) mais uma morte causada pelas enchentes que atingem o estado desde o fim de semana. A vítima é uma mulher de 67 anos, não identificada, que foi encontrada morta dentro de uma casa alagada em Eldorado do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

O governador Eduardo Leite divulgou a informação em seu Twitter:

"Infelizmente, tivemos a confirmação de mais uma morte em função das chuvas no Estado. Uma senhora de 67 anos foi encontrada morta dentro de uma casa alagada em Eldorado do Sul. Meus sentimentos à família", escreveu o governador em suas redes sociais.

No domingo (19), foi encontrado o corpo de Luis Antônio Martins, considerado a primeira vítima das enchentes que atingiram o estado. Ele teve o carro arrastado pela correnteza ao transitar por uma estada estadual em Vila Flores, na Serra. Outras duas vítimas, Elisabeta Maria Benisch Ponath, de 51 anos, e a mãe dela, Lidowina Lehnen, de 86 anos, haviam sido encontradas em Gramado no sábado (18). Elas morreram após a residência em que estavam ser soterrada.

Defesa Civil também passou incluir no levantamento a morte de uma mulher após um centro esportivo desabar, em Giruá, no dia 15 de novembro. Isabeli Soardi, de 26 anos, era fisioterapeuta, tinha uma clínica na cidade e era conhecida por participar de competições esportivas.

Outras três pessoas morreram em Santa Catarina por conta das enchentes no estado. Uma das vítimas é um homem de 46 anos que andava em uma moto aquática e colidiu com a fiação elétrica em Palmitos, no Oeste. As outras duas foram em Taió: duas mulheres, amigas, perderam a vida depois que o carro em que estavam afundou em uma área alagada por causa da chuva.

Enchentes no RS

Os temporais que atingiram o Rio Grande do Sul no final de semana causaram danos e transtornos em 158 cidades, deixando 13.264 pessoas desalojadas e 3.737 desabrigadas, de acordo com a Defesa Civil do RS.

Cidades como São Sebastião do Caí e Eldorado do Sul sofreram com a alta dos níveis dos rios. Em Porto Alegre, o Guaíba atingiu nível máximo e superou a marca histórica pela segunda vez em dois meses.


Fonte: G1

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Responsive Advertisement