Ad Code

Amazonas confirma 49 casos da 'doença da urina preta'

 

Foto: Marcello Camargo / Agência Brasil



O Amazonas confirmou 49 casos de rabdomiólise, popularmente conhecida como “doença da urina preta”, segundo balanço da Secretaria da Saúde do Estado (SES-AM). 

Os casos, contabilizados até a segunda-feira (25), foram registrados nas cidades de Itacoatiara (36), Manaus (7), Manacapuru (3), Parintins (2) e Nova Olinda do Norte (1). Não há óbitos relacionados à doença, segundo as autoridades locais, e há 13 casos suspeitos em investigação.

Quando associada ao consumo de peixes, mariscos e crustáceos, a rabdomiólise é denominada Doença de Haff. Os sintomas mais comuns são dores no corpo, febre, náuseas, fraqueza muscular, vômito e urina escura. 

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas explica, no entanto, que a síndrome pode ocorrer em função de agravos diversos, como traumatismos, atividades físicas excessivas e infecções, ou ainda devido ao consumo de álcool e outras drogas.



Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Responsive Advertisement