Ad Code

Detentos tentam fugir de presídio por buraco na parede e corda artesanal em Itaitinga

 

Foto: Helene Santos




Pelo menos 14 detentos tentaram escapar da Unidade Prisional Elias Alves da Silva (UP-Itaitinga 4), na Região Metropolitana de Fortaleza, na noite desta dessa-feira (22).

Segundo uma fonte policial, cuja identidade será preservada, os internos fizeram um buraco na parede "provavelmente durante uma partida de futebol".

Quando já estavam na parte exterior das celas, próximo à muralha, foram vistos tentando fugir com uma "tereza", item similar a corda artesanal de lençóis e tecidos entrelaçados. A tentativa de fuga ocorreu na altura das alas E e F.

Os policiais penais utilizaram armas não letais para conter o grupo e evitar a fuga. 

O Diário do Nordeste procurou a Secretaria da Administração Penitenciária do Estado do Ceará (SAP), mas não obteve retorno até a publicação desta matéria. 

FUGAS ANTERIORES

Em 18 de setembro, nove internos fugiram da Unidade de Ensino, Capacitação e Trabalho de Itaitinga (UPECT).

A SAP afirmou que os detentos escaparam "enquanto realizavam atividade de trabalho na parte externa do presídio" e informou que equipes da secretaria, "lideradas pelo próprio secretário Mauro Albuquerque, em conjunto com as outras forças de segurança, estão em diligências ininterruptas desde a noite de ontem.

Dois dias antes, sete detentos escaparam da Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo, em Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza. O grupo escalou o muro da penitenciária e saiu usando uma corda feita de lençóis.


Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Responsive Advertisement