Ad Code

Guilherme Arana é convocado para a seleção e vai substituir Caio Henrique nas Eliminatórias da Copa

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

 

O lateral-esquerdo Caio Henrique foi formalmente cortado da seleção brasileira nesta quinta-feira (28). Em anúncio oficial, a CBF informou também que o técnico Fernando Diniz chamou Guilherme Arana, do Atlético-MG, para substituir o jogador cortado no grupo que disputará duas partidas das Eliminatórias, em outubro.


"O lateral-esquerdo Caio Henrique, do Monaco (FRA), foi desconvocado da Seleção Brasileira Principal Masculina. Rodrigo Lasmar, médico da Seleção, entrou em contato com o clube francês, que enviou laudo dos exames, na qual atesta uma entorse no joelho", informou a CBF.

Caio Henrique se machucou na sexta-feira passada, durante partida do Monaco com o Nice, no estádio Louis II, em rodada do Campeonato Francês. Na terça, a direção do clube anunciou que o lateral brasileiro sofreu uma entorse no joelho esquerdo com lesão do ligamento cruzado anterior. Ele será submetido a uma cirurgia e sua recuperação levará de seis a oito meses. 

Aos 26 anos, o ex-jogador do Fluminense havia sido uma das novidades da primeira lista de Diniz, que divide seu tempo entre o comando da seleção brasileira e o time carioca. O líder de assistências do Francês na temporada, com quatro em seis jogos, fez sua estreia com a camisa da seleção na goleada de 5 a 1 sobre a Bolívia, em Belém, na abertura das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2026.

Sem poder contar com Caio Henrique, Diniz chamou nesta quinta Guilherme Arana - o outro convocado para a lateral esquerda é Renan Lodi, atualmente no Olympique de Marselha. Arana foi campeão olímpico nos Jogos de Tóquio, em 2021. E soma quatro partidas com a camisa da seleção principal.

Ele volta à seleção após um ano. Na temporada passada, ele era forte candidato a ser um dos convocados do técnico Tite para a lateral esquerda da seleção na Copa do Mundo do Catar. No entanto, sofreu grave lesão no joelho esquerdo em setembro, a dois meses do início do Mundial e precisou ser operado.

A seleção brasileira volta a campo no dia 12 de outubro, em Cuiabá, para enfrentar a Venezuela, pela terceira rodada das Eliminatórias. Cinco dias depois, o adversário será o Uruguai, em Montevidéu.



Diário do Nordeste / Estadão

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Responsive Advertisement