Ad Code

EUA colocam 2.000 soldados em alerta de prontidão para lutar no Oriente Médio

 

Foto: Divulgação


O Exército americano colocou 2.000 soldados em alerta de mobilização em resposta à escalada do conflito entre Israel e o grupo islamita Hamas em Gaza, informou o Pentágono nesta terça-feira (17).

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, colocou militares e uma série de unidades "em alerta máximo com uma ordem de prontidão para mobilização", afirmou o Pentágono em um comunicado, para "responder rapidamente à evolução do entorno de segurança no Oriente Médio".

Segundo a imprensa americana, as tropas cobririam funções de apoio, como assistência médica e manipulação de explosivos.

"Nenhuma decisão foi tomada em relação ao envio de forças neste momento", acrescentou Austin.

A medida foi anunciada no momento em que o presidente americano, o democrata Joe Biden, prepara-se para embarcar para Israel, na quarta-feira (18), para expressar o apoio explícito de Washington a seu principal aliado na região.

Biden terá a missão de evitar que a escalada da guerra na Faixa de Gaza se alastre e gere um conflito mais amplo no Oriente Médio.

Os Estados Unidos já enviaram dois porta-aviões para a região "para dissuadir ações hostis contra Israel", disse Austin na semana passada.

Enquanto Biden se preparava para sua viagem a Israel, o líder da maioria democrata no Senado, Chuck Schumer, disse que trabalhará para aprovar um pacote de ajuda especial a Israel "com sorte dentro das próximas semanas".

Esse pacote incluiria ajuda militar, humanitária, de Inteligência e diplomática, disse Schumer nesta terça-feira no plenário do Senado.

"Com a Câmara em desordem, o Senado não irá esperar para votar um pacote de ajuda israelense", ressaltou, referindo-se ao fato de a Câmara Baixa do Congresso estar paralisada nas últimas semanas por uma disputa entre legisladores republicanos para tentar eleger um presidente para a casa, após a deposição de Kevin McCarthy em 3 de outubro, pela facção de extrema direita do partido.


Fonte: O Povo

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Responsive Advertisement