Ad Code

Obras dos espigões da Beira-Mar devem começar no início de 2024; contrato assinado nesta terça (29)

Foto: Nilton Alves




A primeira etapa das obras dos espigões das avenidas Rui Barbosa e Desembargador Moreira, na região da Av. Beira-Mar, em Fortaleza, devem começar no início de 2024 e durar 12 meses. A informação é do secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), Rodrigo Nogueira. O contrato de concessão será assinado nesta terça-feira (29), no Paço Municipal.

Os espaços serão administrados por um consórcio formado pelas empresas Beach Park Hotéis e Turismo S/A e Píer Ideal Entretenimentos. O consórcio Píer Beira-Mar foi o único concorrente e ganhador da licitação de R$ 5,9 milhões.

As empresas serão responsáveis pela administração, operação e manutenção dos espigões por 16 anos. Os polos devem receber complexos gastronômicos, centros comerciais, quiosques e outras atrações.

MIL EMPREGOS DIRETOS


O investimento na infraestrutura visa aumentar o fluxo de pessoas nos espigões, que devem continuar com acesso gratuito. A expectativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico é que, com as novas atrações, os turistas fiquem pelo menos mais um dia em Fortaleza.

Além disso, os empreendimentos devem aquecer a economia da região. A operação completa deve gerar cerca de mil empregos diretos, segundo o Rodrigo Nogueira.

"A expectativa é a melhor possível. É um parceiro muito bom, com renome internacional", aponta o secretário. O Beach Park tem forte atuação no Ceará, com parque aquático, resorts e hotéis.

Já a Píer Ideal Entretenimentos pertence ao Grupo Social Clube, dono de restaurantes relevantes da capital, como o Santa Grelha, Ryori e La Pasta Gialla.

VEJA O PROJETO

O Diário do Nordeste teve acesso às prévias do projeto, que mostram quais estabelecimentos devem ser inaugurados. O espigão do Náutico, na avenida Desembargador Moreira, terá um complexo gastronômico e brinquedos temáticos, como elevador e carrossel. O polo tem 245 metros de comprimento e 4.658,00 m².

Já o espigão do Ideal, na Avenida Rui Barbosa, receberá um corredor gastronômico, um restaurante e um centro comercial. A área do espigão é de 3.876,00 m², com 270 metros de comprimento.



Foto: Divulgação








Fonte: Diario do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Responsive Advertisement