Ad Code

Bope faz operação na Vila Kennedy para encontrar criminosos que levaram deputada Lucinha

 Foto: Marcello Dorea/Arquivo Pessoal
 



O Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar do RJ iniciou nesta segunda-feira (2) uma operação na Vila Kennedy, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, a fim de encontrar os criminosos armados que, neste domingo (1º), levaram a deputada estadual Lucinha (PSD-RJ) para a comunidade dentro de um carro oficial da Assembleia Legislativa (Alerj)

Os bandidos estavam em fuga da comunidade do Viegas, em Senador Camará, e obrigaram a parlamentar a dirigir para eles. Lucinha foi abordada em um sítio onde estava com assessores e seguranças.

Lucinha foi libertada e conseguiu sair da Vila Kennedy com a ajuda de um motorista de aplicativo. O carro oficial foi recuperado.

O caso é investigado pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco-EI). Os agentes refizeram o trajeto dos bandidos com a deputada durante o crime.

Devido a operação, moradores relatam um intenso confronto na região por volta das 5h da manhã. Alguns comércios da comunidade não abriram as portas na manhã desta segunda.

Por conta da ação policial, a Secretaria Municipal de Educação teve que fechar 11 escolas e creches na região da Vila Kennedy. De acordo com a pasta, na manhã desta segunda 3.085 alunos ficaram sem aulas.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que "as unidades de saúde municipais da região estão funcionando normalmente".


Outras comunidades

A Polícia Militar realiza operações em outras comunidades do Rio nesta segunda. Os agentes estão no Complexo do Chapadão, Parque Floresta, Morro do Dendê, Faz Quem Quer, Congonha, Cajueiro e Mundial.




Fonte: O Globo 

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Responsive Advertisement