Ad Code

Após três dias, acusado de matar a ex-cunhada em Varjota, é preso no interior do Ceará

 

Foto: Reprodução



O suspeito de matar a irmã da sua ex-companheira, a técnica de enfermagem Dulce Maria Araújo de Sousa, de 22 anos, foi preso neste domingo (1º). O homem, identificado como Pedro Ivo, de 36 anos, foi localizado em um imóvel abandonado em região de mata, entre as cidades de Reriutaba e Varjota. Ele estava escondido no local desde o dia do crime, que ocorreu na última quinta-feira (28). 

A técnica de enfermagem foi baleada ao tentar defender sua irmã durante uma discussão com o ex-cunhado, na comunidade de Jatobá, Zona Rural do município de Varjota, no Interior do Ceará. Ela foi socorrida para uma unidade hospitalar, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Pedro Ivo, não tinha permissão de se aproximar da ex devido a uma medida protetiva. Uma câmera de segurança próxima ao local da ocorrência registrou o episódio de violência. 

Policiais civis da Delegacia Municipal de Varjota, com apoio do Departamento de Polícia Judiciária do Interior Norte, estavam em busca do foragido. Neste domingo, ele foi capturado e, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), "conduzido para a unidade policial, onde foi autuado em flagrante pelos crimes de feminicídio, lesão corporal e crime contra a liberdade pessoal. Ele encontra-se à disposição da Justiça".

Filho encontrado

Pedro Ivo fugiu levando um dos filhos, uma criança de 11 anos, que foi localizada na última sexta-feira (29) e encaminhada para avaliação médica. Também na sexta, "durante diligências da Polícia Civil com apoio de equipes da Polícia Militar do Ceará e da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), na região, uma arma de fogo que teria sido utilizado no crime foi apreendida".



Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Responsive Advertisement