Ad Code

Albeci Júnior não é mais Diretor de Futebol do Ceará e afirma ter feito 'o impossível' por acesso

Foto: Felipe Santos/Ceará SC


 Após derrota do Ceará para o Atlético-GO pela Série B, Albeci Júnior deixou o cargo de Diretor de Futebol do clube. Na noite deste domingo (1), o ex-dirigente do Alvinegro se despediu em longo texto publicado nas redes sociais. O Alvinegro ainda não se manifestou sobre o tema.

Formado em Educação Física, Albeci tem cursos como executivo de futebol e gestor de futebol pela CBF Academy. Ele ressalta o desafio de ter exercido o cargo no clube para o qual torce desde a infância. Anunciado em novembro de 2022, ele foi o responsável por montar o elenco para esta temporada. 

"Foram dez meses de dedicação total ao time e muita renúncia. Recebemos um time vivenciando a maior turbulência dos últimos anos. Sabia, desde o início, que seria um trabalho árduo, mas, ainda assim, assumi o desafio com garra e determinação, e trabalhei com afinco por cada vitória", escreveu Albeci.

O ex-dirigente relembra o título da Copa do Nordeste, no primeiro semestre. Depois, destaca o esforço em levar o time ao acesso da Série A. O Ceará iniciou a competição como favorito para brigar ao título da Segunda divisão, mas está no meio da tabela e segue tem chances escassas de acesso em 2023. Assim, ele se desculpa com a torcida.

"Posso afirmar com plena segurança que fiz o impossível para alcançar este intento; trabalho duro, perseverança e fé conduziram nossa jornada até aqui. Infelizmente, não conseguimos a regularidade necessária, por diversos fatores. Assim, com minhas mais sinceras desculpas e completa indignação por não ter entregue aos meus amigos e a todos os torcedores do Vozão, a equipe na zona de classificação para a série A, me despeço do cargo de diretor de futebol, com muito pesar", desabafou.

Albeci finalizou o texto agradecendo o apoio da família e a confiança depositada nele. No entanto, não descarta a possibilidade de retorno ao clube.

"Por hora, deixo o clube com um título do Nordeste no futebol profissional, um título do Nordeste no futsal e um título do Cearense de futsal. Em outro tempo, em outras condições, quem sabe, eu possa contribuir mais e melhor".

O Ceará volta a campo na sexta-feira (6), quando enfrenta o CRB no Estádio Rei Pelé, a partir das 21h30 (de Brasília). As equipes se enfrentam em jogo da 31ª rodada da Série B.

LEIA O TEXTO COMPLETO:

"Há Dez meses aceitei, como torcedor apaixonado, desde a infância, pelo Ceará Sporting Club, como profissional de educação física, como executivo de futebol e gestor de futebol pela CBF Academy, o enorme desafio, contra tudo e contra todos, o cargo de Diretor de Futebol do nosso querido Vozão.

Foram Dez meses de dedicação total ao time e muita renúncia. Recebemos um time vivenciando a maior turbulência dos últimos anos. Sabia, desde o início, que seria um trabalho árduo, mas, ainda assim, assumi o desafio com garra e determinação, e trabalhei com afinco por cada vitória.

No primeiro semestre, conseguimos nos sagrar campeões da Copa do Nordeste. E, ainda agora, rememoro a emoção da vitória, e a gratidão por termos alcançado o 3° título do clube, em 109 anos de história.
Essa vitória é nossa.

O próximo grande desafio foi conduzir o time rumo à série A novamente. Posso afirmar com plena segurança que fiz o impossível para alcançar este intento; trabalho duro, perseverança e fé conduziram nossa jornada até aqui. Infelizmente, não conseguimos a regularidade necessária, por diversos fatores.

Assim, com minhas mais sinceras desculpas e completa indignação por não ter entregue aos meus amigos e a todos os torcedores do vozão, a equipe na zona de classificação para a série A, me despeço do cargo de diretor de futebol, com muito pesar.

Agradeço, por fim, à todos que depositaram sua confiança em mim, e, em especial à minha família, que suportou a minha ausência e me deu suporte para que eu pudesse traçar essa tão difícil empreitada, pra quem debruçarei minha atenção.

Agora, estou de volta às arquibancadas, local onde sempre fui e sei que serei acolhido e respeitado como o sempre torcedor, Albeci Júnior.
Por hora, deixo o clube com um título do nordeste no futebol profissional, um titulo do nordeste no futsal e um título do cearense de futsal. Em outro tempo, em outras condições, quem sabe, eu possa contribuir mais e melhor.

Obrigado, Ceará Sportina Club.
Albeci Júnior"


Fonte: Diario do Nordeste 

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Responsive Advertisement