Ad Code

Mais de 250 corpos são encontrados em local de festival em Israel, diz jornal

Foto: MAHMUD HAMS / AFP



Após ataque do Hamas a Israel, ao menos 250 corpos foram encontrados neste domingo (8) por equipes de resgate no local onde foi realizada a rave Universo Paralello, em Tel Aviv. A informação é do jornal "The Times of Israel". O festival, criado por brasileiros, foi interrompido pela ofensiva do grupo extremista no último sábado (7).

A edição israelense do festival estava sendo realizada no distrito sul de Israel, a menos de 20 km da Faixa de Gaza. O Ministério das Relações Exteriores informou, em nota, que três brasileiros estão desaparecidos. Outro foi ferido e recebeu alta do hospital neste domingo. Segundo o ministério, todos eles têm dupla nacionalidade e participavam do evento.

O DJ Juarez Petrillo, pai dos DJs Alok e Bhaskar, iria apresentar-se no festival e chegou a filmar o momento do bombardeio. Em vídeos publicados nas redes sociais, ele comentou com espanto o ocorrido: “Guerra, mano, fala sério (...) Estou em choque até agora. E as bombas não param de explodir”.

Também nas redes sociais, o goiano Alok afirmou que o pai está “seguro em um bunker aguardando direcionamento para retornar ao Brasil”. O DJ falou sobre o trabalho do pai no festival.

"O meu pai foi contratado a se apresentar em um evento que licenciou os direitos de uso do nome do festival, como já aconteceu em diversos outros países. O produtor israelense licenciou o uso da marca e produziu o evento por conta própria, sendo o meu pai uma das atrações", disse.


O EVENTO

A Universo Paralello é um festival de música eletrônica criado no ano 2000 e que teve suas primeiras edições realizadas em Goiás. Na virada do ano de 2003 para 2004, a festa passou a ser realizada na Bahia, onde ocorre até hoje, na praia de Pratigi.

Um dos fundadores é Juarez Petrillo, também conhecido como DJ Swarup. Com o crescimento da festa, a Universo Paralello tornou-se uma das marcas mais conhecidas da música eletrônica brasileira, em especial do subgênero psytrance. Em geral, o evento é realizado a cada dois anos. Durante a pandemia, ele foi interrompido, mas agora aumentou a frequência, com edições no fim de 2022 e outra marcada para 2023.



Fonte: Diario do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code

Responsive Advertisement